Primeira edição do evento reuniu 30 pessoas do setor

Na noite de segunda-feira (15/10), o Sheriff Bar (Nova Iguaçu) foi palco do I Weboteco, encontro de empreendedores digitais e startups.

O evento contou com a presença de empreendedores com negócios de perfis variados: entre eles estavam duas webtvs, uma empresa de ecommerce, uma produtora cultural, uma de recursos humanos em TI, uma revista e diversos outros negócios – até um consultor de patentes e marcas esteve presente.

Papo de boteco: O talk show aconteceu numa mesa de bar, enquanto o público degustava e bebia. Foto: Dani Lopes.

Papo de boteco: O talk show aconteceu numa mesa de bar, enquanto o público degustava e bebia. Foto: Dani Lopes.

Às 20:15 o Talk Show deu início aos trabalhos, enquanto os presentes já trocavam olhares entre as mesas. “O formato deste evento é uma novidade na Baixada Fluminense, mas aos poucos as pessoas irão se familiarizando com o jeito mais informal das startups expandirem seu networking e fazer negócios”, declarou Diego Fernandes, desenvolvedor web e cofundador do Weboteco. “Abrir o evento com o Talk Show é uma forma de compartilhar conhecimento e lançar possíveis assuntos para os diálogos entre estes empreendedores que ainda estão se acostumando com o evento”, explica.

Diego Fernandes, fundador do evento, foi o apresentador do encontro. Foto: Dani Lopes.

Diego Fernandes, fundador do evento, foi o apresentador do encontro. Foto: Dani Lopes.

  Às 21h começaram os pitchings, onde os empreendedores apresentaram seus negócios. O empreendedor Fábio Mateus, diretor do EncontrArte, fez um dos pitchings. A sua empresa é incubada e acelerada pelo Rio Criativo, e ele explicou a importância da aceleração e incubação, detalhou o negócio do EncontrArte, e deu sua visão de mercado em apenas um minuto.

Após os pitchings, o networking aconteceu entre as mesas, e os empreendedores presentes trocaram seus contatos e discutiram assuntos debatidos no talk show e no pitching. “A troca de contatos é o ponto alto do evento”, definiu Diego Fernandes.

Os organizadores do evento já estão planejando as próximas ações do Weboteco, que deverá ter eventos com uma agenda regular na Baixada Fluminense.

Por: Site da Baixada e adicionais aqui no blog pela MP Digital